sábado, 2 de fevereiro de 2008

Velocipédi@ move.te



Foi um sucesso, esta 1ª actividade da "basto move.te". Como associação sem fins lucrativos que somos estamos empenhados na promoção da saúde em geral e na prática de desporto em particular, tendo sempre em mente a divulgação da nossa região: a de Basto. A Velocipédi@ é uma iniciativa que começou em 29 Julho de 2001 com um grupo de pessoas que conectaram Leiria a Monsanto de bicicleta. A estafeta velocipédi@ tem como objectivo:

"Fazer circular um Testemunho [simbólico] pelo maior número de localidades do nosso país onde residam membros da Mailing List "Velocipedia" através da utilização exclusiva de meios velocipédicos por forma a divulgar este tipo de mobilidade." Artigo I -Regulamento da Estafeta Nacional Velocipedi@

Contam-se já 40 etapas com sucesso, a última das quais com término em Guimarães. O convite surgiu e dispusemo-nos, por isso, em organizar aquela que será a 41ª etapa, rumo a Celorico de Basto. Iremos receber um grupo de BTT'istas, chefiado pelo nosso já conhecido Professor Orlando Lemos, à entrada do concelho de Celorico de Basto e daí desfrutaremos da companhia de todos aqueles que a nós se quiserem juntar. Será um trilho tipo BTT (Bicicleta Todo-o -Terreno) com aproximadamente 40 km de distância, de dificuldade moderada, sendo recomendável a prática prévia de BTT.

***

Informações práticas

- Data / Hora início: 16.Fev.2008 / 08h00
- Final: 19h00/20h00, incluindo tempo para banhos e convívio final (surpresa)
- Ponto de encontro: Praça Cardeal D. António Ribeiro (Câmara Municipal Celorico de Basto)
- Inscrição gratuita, sujeita a validação por parte da organização
- Idade mínima: 16 anos
- Limite de participantes: 60 pessoas

A organização garantiu:
- Seguro para todos os inscritos que cumpram as instruções dadas no briefing inicial
- Alimentação durante a prova (2 reforços energéticos e líquidos)
- Balneários para banhos no final da prova
- Convívio final, com jantar

Material necessário:
- Bicicleta BTT em plenas condições de funcionamento
- Capacete obrigatório, apropriado à prática de BTT
- Vestuário adequado às condições meteorológicas do dia
- Kit reparação BTT para total autonomia (câmaras de ar, bomba, etc)
- Recipiente de água (mínimo 500 ml) para hidratação entre etapas
- Toalha de banho e uma mudança de roupa quente e confortável para o final da prova.

***


Percurso disponível para download
Clica aqui para formato *.trk (track) ou aqui para formato *.rte (route)

***

Inscrições ESGOTADAS
(de 02.Fev.2008 a 11.Fev.2008)
(1) Posto de Turismo de Celorico de Basto - Necessária a autorização de encarregado de educação, se menor de idade. (2) Via e-mail bastomove.te@gmail.com - Apenas para participantes maiores de 18 anos, enviando email com os seguintes dados: Nome completo; Número de BI; Data de nascimento; Contacto (número de telemóvel)

16 comentários:

pedragrega disse...

Eu lá estarei, a fazer a cobertura fotográfica :)

João Vasconcelos disse...

As previsões são de uma enchente em Celorico de Basto!
O final do dia 11.02.2008, para se inscrever, está próximo. Já não restam muitos lugares.

Miguel Novais disse...

Fico contente por saber que as inscrições esgotaram, sinal de que o objectivo em termos de nº de pessoas foi cumprido!.
Estou ansioso que o dia chegue para poder desfrutar trilho espectacular que foi marcado..
Estarei presente com muito gosto com a minha "BH".
Cumprimentos a todos os participantes, até sabado...

Nuno Machado disse...

Porreiro pá, porreiro!
Também estarei presente com a minha NIKON D40X ;)

Anónimo disse...

possuo um garmin q gostaria de utilizar no passeio, no entanto os ficheiros q voces fornecem pr o track não são compativeis com o mapsource gostaria de saber se me podem informar qual o programa q utilizam de forma a eu poder converter pr .gsx ou .gdb abraços

basto disse...

Os ficheiros disponibilizados foram recolhidos no terreno com um GPS Garmin e aparentemente são compatíveis com todos os aparelhos da marca e respectivo software mapsource. De todo o modo, experimente o CompeGPS ou o Oziexplorer em alternativa.

João Vasconcelos disse...

Se tiver dificuldade na inserção do ficheiro no seu aparelho GPS, envie email para bastomove.te@gmail.com.
É possível enviar-lhe a conversão
*.trk=> *.igc, *.gpx, *.log, *.plt, *.dgn, *.shp, *.dwg, *.dxf

*.rte=>*.dgx
O nosso agradecimento pelo interesse demonstrado!

Anónimo disse...

É com muito gosto que anualmente ajudo a organizar a participação do grupo de V. N. de Famalicão no passeio de btt durante as Festas de Santiago, no vosso belo conselho. Por isso foi com natural satisfação que vi o nascimento desta associação.
No próximo sábado tudo promete ser uma festa do btt, afinal Celorico de Basto tem tudo para ser um local de referência para a prática deste desporto que felizmente cada vez cativa mais gente a pedalar.
Em boa hora o meu estimado amigo e de aventuras, já de muitos kms, divulgou o projecto Estafe@ em Celorico.

Bem haja o amor á camisola da "basto move.te"

Jorge Moniz
Moderador Norte Velocipedi@

Anónimo disse...

Caro João Vasconcelos
Foi com grande expectativa que iniciei esta etapa da velocipedia. Tenho a salientar a boa organização, que foi fantástica quer em marcações, quer em recursos humanos em pontos-chave.
No final as minhas expectativas foram superadas, dando os meus parabéns a todos os que fizeram nascer este passeio.
Aproveito para perguntar como terei acesso ás fotos tiradas pela organização no percurso.

Luis Moniz, Guimarães

basto disse...

Obrigado pelas palavras simpáticas e pela entusiasta participação igualmente. Relativamente às fotografias, vamos tentar disponibilizá-las quanto antes, previsivelmente até ao próximo fim-de-semana. Divulgaremos assim que estiverem disponíveis online.

Paulo Vasconcelos

basto disse...

1ª Edição de Velocipédia Basto Move.te com balanço de sucesso

Escrito por Administrator
19-Fev-2008

"O concelho de Celorico de Basto, assistiu no passado fim de semana, a mais um momento alto do desporto, com a realização da 41ª etapa da Velocipédia, estafeta de BTT - Bicicleta Todo o Terreno. A organização deste evento, a cargo da “Associação Basto Move.te”, contou com todo o apoio da Câmara Municipal de Celorico de Basto e desde logo suscitou o interesse da população, tanto de Celorico como de outros concelhos, tal era a curiosidade para conhecer, em bicicleta as maravilhas da nossa região. Após alguns quilómetros percorridos, eis que o grupo chega ao Castelo de Arnoia. Aí, deu-se lugar à cerimónia de passagem de testemunho. Com a presença do Ex.mo Vereador da Cultura e Desporto, Joaquim Mota e Silva, do moderador norte da Velocipédia, o Professor Orlando Lemos, entregou a corrente com os 41 elos ao João Vasconcelos, em representação da Associação basto move.te. Depois do momento de passagem de testemunho, o grupo continuou ainda, pela Serra de Codeçoso, até ao Estádio Municipal, onde viria a terminar o percurso BTT. O grupo teve ainda direito a um banho reconfortante nas piscinas de Celorico de Basto e a um recompensador jantar, onde alegremente se falou da vivida experiência deste dia."

in Notícias de Basto
www.noticiasdebasto.com/

João Vasconcelos disse...

16 Fevereiro 10:30
O trio Vimaranense, Celoricense e Portuense juntou-se no quintal da "Casa de ninguém" (da pedra/Salto da lameirinha), à entrada do nosso Concelho - Celorico de Basto.
O vento açoitava na lateral e urgíamos partir. Assim o fizemos. A escalada pela Sr.a da Guia começava por trilhos que fugiam aos 3 metros de largura de "brita muito acessível". A natureza presenteou-nos com o trote equestre local que nos escoltou pelos terrenos agrestes que ansiávamos desbravar. Fiquei para o final; se tinha frio perdi-o, mas o arrepio manteve-se. A imagem de 60 pessoas a rasgar montanha fora acariciada pela bruma eólica imponente num fundo de Alvão que ia emergindo rodada a rodada foi algo de simplesmente extasiante, que jamais esquecerei... Feitos 3 km, os primeiros abafos começaram a [não] [se] ouvir(-se). O prazer do suor esforçado por uma causa tão nobre como a do usufruto paisagístico que, para mim, é idílico e está mesmo aqui (à esquerdo e à direita) ganhava consistência e ia-se implantando nos semblantes presentes.
Alto dos Fojos => Fonte fria => Vacaria pelo troço de rally a_cima.
1ª Paragem => Lobão, onde foram feitos os pontos de situação gástrica e logística. Resolvida a primeira contactámos, quase telepaticamente, alguns aventureiros que se desbalizaram do trilho. Foram recompensados com 15 km em asfalto corridio até ao
2º posto - o Castelo de Arnóia.
No entretanto contornámos o alto da "Lagoeira da Estaca", Serra do Viso adentro. Deu-se a passagem por um dos pontos fulcrais, que vou desde já apelidar de "Lama qb- que BastO". Já havia ouvido falar do tão célebre "K2"; a expectativa era enorme e foi superada nesse dia, nesse ponto. Com um à vontade fora do normal, uma destreza social de fazer inveja a muitos políticos fui acompanhando o ritmo de sab(e)[o]r palatear um Btt sem correrias, sem "azafamices", sem atropelos. Não consigo deixar de compartilhar que presenciei a pós-queda do K2 na "Lama que BastO". Excepcional! "Estou tramado, lá em baixo não me vão largar com os calções neste estado"- dizia em tom surpreendentemente animado.
A simbologia da passagem do testemunho realizou-se na nossa 2ª paragem: Castelo de Arnóia. Na presença do Ex.mo Vereador da Cultura e Desporto do Município de Celorico de Basto- Dr. Joaquim Silva, do moderador Norte da Velocipedi@- Jorge Moniz, do professor Orlando Lemos, do presidente da associação "basto move.te"- Paulo Vasconcelos e dos 61 restantes participantes foram-me passados os 41 elos da corrente, acompanhada pela sublime bandeira Nacional.
O sol ameaçava esvair-se e era tempo de seguir para a 3ª etapa do nosso trilho: Castelo-Estádio Municipal de Celorico de Basto. Seguiu-se trajecto fora pela antiquíssima conexão Villa de Basto- Vila Nova de Freixieiro. Já agora aquele que em cima do velocípede a subiu que se identifique para que fique na prosperidade... :) Presenciei, que me lembre, 6 furos, um dos quais "o meu furo", que na realidade iam servindo para recompor o fôlego perdido. S. Gruivo=> Salmães=> Casal do Nino => Campo Derradeiro. Queria, antes de prosseguir, desejar uma rápida e eficaz recuperação ao vimaranense Jorge Marques pela queda que sofreu. Já habituado a estas andanças, o próprio referiu "São medalhas de bom comportamento", rematando logo de seguida "As cenas do próximo capítulo dar-se-ão brevemente num qualquer trilho perto de nós". Bem haja. O término deu-se, conforme o previsto, às 17horas seguindo-se um banho nos balneários das Piscinas Municipais de Celorico de Basto. Às 18.15 fomos em caravana até Molares - Sabores da quinta - degustar um presunto óptimo, entre outras iguarias tradicionais, acondicionado por uma feijoada característica bem regada com vinho espadal da região. Fotos e discursos efectuados deu-se por terminada a 41ª etapa da estafeta velocipédi@.
Uma palavra de agradecimento a todos os intervenientes pela participação, pelo convívio e pela forma como enobreceram a prática deste desporto que em Basto tem muito para dar. À Câmara Municipal de Celorico de Basto, que nos apoiou desde o 1º minuto, e sem a qual tudo isto não seria possível, um majestoso obrigado, em nome da "basto move.te"
Congratulo todos os associados da "basto move.te" pela forma excepcional como estiveram presentes nesta iniciativa. Um grupo completo que muito tem para dar...
Para concluir, e já em desabafo pessoal, não posso deixar de sublinhar o orgulho reforçado que sinto em ser Celoricense!

Movamos Basto, juntem-se a nós!

8 Março- Iª Caminhada "Vila Nova do Freixieiro - Villa de Basto"

Miguel K2 Sampaio disse...

Caros Confrades

Bem, eu devo dizer que esta passagem de testemunho foi um luxo asiático. Os
confrades celoricenses esmeraram-se duma maneira impar em todos os aspectos,
não só pela parte gastronómica (tinha que ser) como pela grande simpatia dos
intervenientes (para mim a principal) nas pessoas do João e Paulo
Vasconcelos e seus pares. Para eles um forte abraço. Estão no bom caminho.
Trajecto muito bonito aonde se poderia desfrutar não só de boas paisagens
como de terreno da mais variada espécie, até que, aqui o “je” numa passagem
duma pequena linha de agua aonde existe “pouca lama” fiz um tratamento á
minha cútis. Só não tive lama nos “ditos” por mero acaso e ainda por cima 20
metros acima tinha um estradão que mais parecia uma auto-estrada. Resumindo,
parti-me a rir com a cena :-))))))) Quem não teve tanta sorte foi um
confrade que numa descida um pouco cavernosa quis dar um novo design á sua
roda dianteira e que saiu um pouco mal tratado da sua clavícula. Para ele as
rápidas melhoras.
Quanto ao repasto, um luxo, rissóis, fígado de cebolada, salpicão, presunto,
frango assado isto para entrada e depois, rojões que estavam uma delicia e
para finalizar um feijoada á transmontana muito bem confeccionada regado com
um vinho Espadal bem fresquinho para que todos os nossos níveis de “castrol”
e “triciclos” fossem colocados ao nível, num ambiente duma casa rural aonde
na sua decoração para além de muitas curiosidades tinha um mapa escolar de
Portugal do tempo do Cardeal Cerejeira e do Almirante Américo Tomás. Uma
preciosidade.
Não queria deixar de dar um forte abraço aos confrades Orlando Lemos pela
grande parceria, Augusto Sousa pelas gargalhadas que demos, ao Pedro Indy
porque quase não consegui vê-lo :-)))))) ao Jorge Moniz pela companhia á
mesa e aos demais confrades do qual passamos um agradável sábado sem
esquecer a Sandra, a única mulher que nos acompanhou nos 40kms entre a
Lameirinha e Celorico. Parabéns. Vais ser entronizada santa da corrente
:-)))))))

A todos, mas mesmo todos
1 abraço e um queijo da serra
Miguel K2 Sampaio

Anónimo disse...

Sem dúvida....foi um evento fantástico, é pena não ser todos os meses.
Parabéns a todos.

Anónimo disse...

o evento foi espetacular...
a organizaçao muito criativa e com muito sentido de humor...
uma unica falha nisto tudo foi nao porem todas as fotos na galeria...
como posso fazer para arranjar todas elas?

fico a espera de ajuda para isto

basto disse...

Obrigado a todos pelos comentários.

Para os interessados em obter as fotos (para além das disponibilizadas na galeria online) enviem-nos pf um email, com esse pedido para bastomove.te@gmail.com, para caso a caso, melhor combinarmos.